O BRASIL CONTINUA NO RANKING

Mais uma contribuição de LUCIANO LARANJEIRA- Porto seguro -BA
Quais seriam as queixas desta paciente? E os outros achados no exame físico?
Quais os testes diagnósticos?
Quais as possíveis complicações do tratamento?
Fabrício
placa hipocromica com bordas eritematosas, infiltradas. PRIMEIRA SUSPEITA: hanseníase, forma tuberculoide. Nestes casos é fundamental fazer teste de sensibilidade termica com um simples algodão com éter. É muito importante avaliar os nervos destes pacientes através da palpação. A principal complicação após iniciar o tratamento é a NEURITE a qual além da dor pode levar a deformidades

Janine
Isto mesmo Fabício ,a primeira suspeita para essa lesão é mesmo hanseníase ; um problema de saúde pública no Brasil que continua comoum dos países com o maior número de casos do mundo.As manifestações clínicas e o diagnóstico dependem das formas clínicas. Como complicações lembrar também da deficiência de G-6 DP e a hemólise após a dapsona. Lembrar que os nervos mais acometidos são o cubital,mediano, radial, peroneiro comum, tibial posterior, auricular . Na forma tuberculóide , podemos encontrar somente comprometimento neural, sem lesões cutâneas, denominando-se hanseníase tuberculóide neural pura
Fabrício
Muito bem lembrado Janine. cerca de 85% dos casos de HANSEN concentra-se em apenas 10 países. O nosso Brasil, acho que sexta economia do mundo, está entre os 3 países com o maior numero de casos. Este fato é omitido pelo governo federal. Em relação a forma tuberculoide Neural pura, é muito mais comum em outros países. No Brasil é pouco vista
FacebookTwitterGoogle+